Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Momentos..’ Category

O sentimento e as lembranças que ficam de cada história… Todos nós erramos, julgamos. Somos bons e somos cruéis, amamos, sofremos, tivemos momentos alegres e outros às vezes tão tristes… E nunca temos a coragem  de reconhecer erros e não temos também capacidade do arrependimento, achamos sempre que o erro esta no outro… Quantas vezes já deixamos de ouvir nosso coração… Fazemos sempre o contrario… Então qual a moral disso tudo? Vá à luta! Antes que seja tarde! Bola pra frente! Não continue pensando nas suas fraquezas e erros… Daqui por diante, faça um acordo consigo mesmo e lute! Não abaixe a cabeça! Faça tudo que puder pra ser feliz hoje. Releve. Esqueça. Não deite com mágoas no coração…Não durma sem fazer ao menos uma pessoa feliz… Começando por você mesmo!!! E acima de tudo nunca deixe de acreditar…

Read Full Post »

…Se lhes dou esses detalhes sobre o asteroide B 612 e lhes confio o seu número é por causa das pessoas grandes

 Elas adoram os números…

Quando a gente lhes fala de um novo amigoNão perguntam nunca: “Qual o som da sua voz? Quais os brinquedos prefere? Será que ele coleciona borboletas?” Mas perguntam: “Qual a sua idade? Quantos irmãos ele tem? Quanto pesa? Quanto seu pai ganha?” Somente assim é que elas julgam conhecê-lo. 

“Vi uma bela casa de tijolos cor-de-rosa, gerânios na janela, pombas no telhado…”, elas não conseguem, de modo algum, fazer idéia da casa. É preciso dizer-lhes: “Vi uma casa de seiscentos mil reais.” Então elas exclamam: “Que beleza!”

Assim, se a gente lhes disser:

“A prova de que o princepezinho existia é que ele era encantador, que ele ria, e que ele queria um carneiro. Quando alguém quer um carneiro, é porque existe”, elas pouco se importarão, e nos chamarão de crianças! Mas se dissermos: “O planeta de onde ele vinha é o asteroide B 612”, ficarão inteiramente convencidas e não nos amolarão com perguntas. Elas são assim mesmo. É preciso não lhes querer mal por isso. As crianças têm que ter muita paciência com as pessoas grandes. 

Mas, com certeza, para nós, que compreendemos o significado da vida, os números não têm tanta importância!

(Antoine de Saint-Exupéry)

Quando vamos deixar de ser gente grande para valorizar um simples e minusculo B 612? Talvez amanhã seja tarde demais…

Read Full Post »

Mudanças

“Eu preciso muito deixar acontecer o momento da renovação, trocar de pele, mudar de cor. Tenho sentido necessidades do novo, não importa o quê, mais que seja novo, nem que sejam os problemas. Preciso deixar a casa vazia para receber a nova mobília. Fazer a faxina da mente, da alma, do corpo e do coração. Demolir as ruínas e construir qualquer coisa nova, quem sabe um castelo.”

Caio Fernando Abreu

Read Full Post »

 

 

 

 

 

De vez em quando, me faço essa pergunta. Percebo que ela é especialmente útil quando me vejo no meio de um dilema ou no abismo de uma crise, pois muda minha perspectiva, me faz refletir aos olhos do que estou vivendo e sinto que é o melhor para mim naquele momento, sem apego ao que sentia no passado ou qualquer expectativa sobre um futuro que, afinal, jamais virá a ser.

E se você só tivesse mais um dia de vida? A que horas acordaria? Qual roupa usaria? Como é que organizaria a agenda desse derradeiro dia? Que compromissos deixaria de cumprir e quais seriam os que você honraria? O que teria de café da manhã? Leria os jornais do dia? Iria para o trabalho a pé, de bicicleta, de carro, de helicóptero? E se não fosse trabalhar, o que faria? Clube, parque,cinema, namoro, leitura, o que escolheria?

Com quem gostaria de passar seus últimos momentos? Como escolheria estar com essa ou essas pessoas? Para quais amigos distantes ligaria? Para quem pediria perdão, se escolhesse se arrepender? Para quem se declararia apaixonado, se escolhesse libertar-se do amor platônico? Para quem emprestaria os ouvidos, se escolhesse ampliar sua visão de mundo? Para quem ofereceria seus ombros, se escolhesse ser solidário? Para quem abriria seu coração, se escolhesse pedir ajuda.Teria coragem de admitir o medo de viver?

Se você só tivesse mais um dia de vida, pelo que gostaria de ser lembrado? Por quais palavras, quais gestos, quais atitudes, quais ações? É isso o que você está fazendo nesse dia, praticando o que você quer deixar como legado? Ou você está simplesmente vivendo mais um daqueles dias que passaram em branco por sua vida?

É seu último dia, como você quer vivê-lo é algo que você escolhe, e essa escolha é algo que não pode ser adiado, porque não haverá amanhã. E pensando sob o prisma de um ultimo dia, observo que o MEDO é o  grande vilão do tempo… Ele nos tira toda e qualquer possibilidade de sermos fieis a nós mesmos… Antes de tudo é preciso coragem para viver sem medo e assim fazer de cada dia como se fosse o ultimo…

Read Full Post »


Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior, de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem.

Tem gente que está do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Tem gente enganando a gente
Veja a nossa vida como está
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!

Mas é claro que o sol vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior, de endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem.

Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena
Acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!

Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!
Quem acredita sempre alcança!

Read Full Post »

“algumas vezes, a tristeza profunda é quase um local específico, uma coordenada em algum lugar do mapa do tempo. Quando você esta nesta selva de tristeza, não consegue imaginar que um dia conseguirá encontrar a saída para um lugar melhor. Mas, se alguém lhe garante que já esteve neste mesmo lugar, e conseguiu sair, isso as vezes traz alento”

Read Full Post »

“…Neste mundo nunca somos mais bem enganados do que por nós mesmos. Que aceitemos de outros, ingenuamente, uma moeda falsa, já é bastante inconcebível à luz do bom senso; mas que em perfeito conhecimento de causa tomemos por dinheiro bom as moedas falsas fabricadas por nós mesmos, é sem dúvida um fenômeno psicológico dos mais curiosos! Se um amável desconhecido, sob pretextos de pôr em segurança o nosso dinheiro, consegue que lho demos, e nos fornece como garantia um punhado de cascas de nozes, certamente ficaremos muito surpreendidos quando vimos que fomos ludibriados. No entanto, o que é uma falcatrua em comparação com o que fazemos quando guardamos cascas de nozes como se fossem moedas de ouro?…” Charles Dickens

Read Full Post »

Older Posts »